quinta-feira, 9 de Junho de 2011

Conização

A conização é um procedimento cirúrgico realizado com bisturi, LASER ou ansa diatérmica que possibilita a terapêutica de lesões do colo do útero. Independentemente da técnica, o objectivo é remover uma fatia de colo uterino, englobando a lesão que se pretende excisar. A conização está indicada, por exemplo, nas lesões displásicas graves do colo (CIN 2 e 3) e nas lesões de baixo grau (CIN 1) muito extensas ou que se prolongam para o canal cervical.
Descreve-se a conização com recurso a ansa diatérmica. A doente posiciona-se na marquesa ginecológica e o médico introduz um espéculo metálico acoplado a um extractor de fumos. Após a observação do colo com o colposcópio é seleccionada a ansa a utilizar: trata-se de um filamento metálico em forma de semi-elipse ou semi-circunferência fixo a um manípulo, por sua vez ligado a uma fonte de energia eléctrica. Administra-se um anestésico local no colo do útero: é natural ocorrer uma sensação de picada e um desconforto caracterizado por palpitações e tremores. Em seguida o médico liga o extractor de fumos e activa a ansa no modo “corte”, passando-a na zona de colo a remover. É importante que, nesta fase, a doente fique imóvel. Recolhe-se, também, uma amostra de células do canal cervical com escovilhão ou cureta e todo o material é enviado para exame histológico. A ansa é retirada do manípulo, sendo substituída por um dispositivo que permite estancar a hemorragia através da energia eléctrica. No final do procedimento confirma-se que não existem zonas de sangramento e o material é removido. Nas quatro semanas após a conização a mulher não deve introduzir tampões, tomar banho de imersão, frequentar piscinas ou ter relações sexuais. Neste período é normal haver um corrimento mais abundante.
As complicações são pouco frequentes e incluem hemorragia, infecção e traumatismo da bexiga e da vagina por toque acidental da ansa activada. A conização torna o colo mais curto e há maior risco de abortamento do 2.º trimestre e parto pré-termo.
(Imagem: http://my.clevelandclinic.org/PublishingImages/HIC/hic-leep-procedure.gif)

32 comentários:

  1. Bom dia,

    Fiz uma conização à 15 dias e os resultados deram negativo, o que foi um grande alivio. A minha médica disse-me que só tinha que estar tranquila nos primeiros 10 dias e fazer uma vida normal. Porém à uma semana que não paro de sangrar e não sei até que ponto é normal e se não prejudiquei de certa forma a cicatrização. Na primeira semana tinha um corrimento amarelado mas agora é como se tivesse com o período. Se estiver a ter uma hemorragia mais abundante que devo fazer e como vai decorrer o processo de cicatrização?

    Obg.

    ResponderEliminar
  2. Carlos Aguiar Veríssimo25/11/11, 12:32

    Se tiver hemorragia moderada persistente ou abundante, corrimento com cheiro intenso, dor intensa, febre,... deverá ser observada pela sua ginecologista.

    ResponderEliminar
  3. Bom dia

    Fiz uma conização a 7 dias, no inicio tive um sangramento bem pequeno quase incolor. Mas ontem comecei a sangrar como se tivesse menstruado (o q era pra acontecer somente daqui a 8 dias). E agora será que é uma hemorragia mesmo?
    Obrigada

    ResponderEliminar
  4. Carlos Aguiar Veríssimo06/12/11, 12:06

    Conforme disse anteriormente, se tiver hemorragia moderada persistente ou abundante, corrimento com cheiro intenso, dor intensa, febre,... deverá ser observada pela sua ginecologista.

    ResponderEliminar
  5. olá,tambem fiz uma conizaçao ha 15 dias,na primeira semana nao observei nada de anormal,mas na segunda semana percebi um corrimento amarelo-esverdeado isso é normal?

    ResponderEliminar
  6. Se tiver hemorragia moderada persistente ou abundante, corrimento com cheiro intenso, dor, febre ou outro sintoma que a preocupe deverá ser observada pelo seu médico.

    ResponderEliminar
  7. tive somente o corrimento amarelo mesmo,nada de febre nem cheiro itenso e muito menos dor,entao realmente posso ficar tranquila? fiquei um pouco preocupada ja que minha consulta foi marcada somente para o dia 30/03,essa secreçao entao o que pode ser?,pois percebi isso no final da segunda semana apos a conizaçao...faz parte da cicatrizaçao será? devido a cor?obrigada!!

    ResponderEliminar
  8. A sua descrição parece-me normal. O processo de cicatrização e re-epitelização do colo implica sempre uma secreção mais abundante. A data da consulta é adequada para um controlo clínico (pelo que percebi 1 mês após o procedimento); nessa altura, se ainda mantiver esse corrimento poderá ser mais bem esclarecida pelo seu médico.

    ResponderEliminar
  9. Fiz uma conização e no resultado veio "margens comprometidas". E agora o que devo fazer, retirar o útero ou aguardar para realizar nova colposcopia? Estou desesperada, me ajude, por favor.

    ResponderEliminar
  10. A decisão depende do diagnóstico pré-conização, qual(ais) a(s) margem(ns) afectada(s), o tipo de lesão presente nas margens, os achados colposcópicos, a idade da doente, o desejo reprodutivo,... Deve dialogar directamente com o seu Ginecologista sobre a conduta clínica a adoptar.

    ResponderEliminar
  11. Em dezembro de 2010 a minha mae(60 anos) fez uma conização. O resultado foi que tinha de a repetir. Entretanto mudou de hospital, fez várias biopsias mas nenhum tratamento e só agora, abril de 2012 foi feito outra conização. Ela tem Cin III. Não é tempo demais para se intervir? Qual é a probabilidade de já ter evoluido para cancro? Ela também tem um Linfoma folicular Grau I. Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara senhora, deve informar-se directamente com o médico assistente da sua mãe.

      Eliminar
  12. Conização em centro cirúrgico a anestesia é local ou geral? pois me mandaram pro centro cirúrgico e gostaria de saber.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A conização do colo uterino é um procedimento habitualmente realizado sob anestesia local. Em situações particulares pode ser efectuada sob anestesia geral ou epidural/raquidiana. Deve informar-se acerca do seu caso directamente com a equipa médica.

      Eliminar
  13. Tenho nic 3 e fiz uma conizacao no centro cirurgico, o resultado deu margens comprometidas, tem como o meu próprio organismo eliminar esses resíduos que ficaram na margem do colo do útero, ou terei que fazer outra conização ou até mesmo retirar o útero?

    ResponderEliminar
  14. Exm.ª Senhora,
    Veja o texto "Margens afectadas" colocado neste blog.
    Cumprimentos, Carlos Veríssimo

    ResponderEliminar
  15. Muito obrigada doutor, eu li o texto "margens afetadas" e agora estou mais esclarecida. Que Deus te abençoe por ajudar mulheres angustiadas, que estão com esse problema, que Deus te ilumine sempre. Muito obrigada.

    ResponderEliminar
  16. Fiz uma conização há 40 dias, porém ainda sinto muita dor durante a relação sexual. É normal?

    ResponderEliminar
  17. Sugiro que seja observada pelo seu médico assistente.

    ResponderEliminar
  18. Bom dia doutor,
    Fiz um preventivo e o resultado veio nic 3, fui encaminhada pra fazer a biópsia. O que é nic 3? me ajude doutor, estou desesperada. O meu médico disse que provavelmente terei de fazer uma cirurgia no colo do útero.

    ResponderEliminar
  19. Uma ansa diatermica é o mesmo que curetagem uterina? Há risco de adenomiose ao fazer este procedimento?

    ResponderEliminar
  20. A conização com ansa diatérmica é um procedimento completamente distinto da curetagem uterina e não acarreta risco de adenomiose.

    ResponderEliminar
  21. Tem como nic 3 regredir, ou sempre será necessário a cirurgia?

    ResponderEliminar
  22. dou tor fiz uma conização em 20/06 e estou com cheiro intenso é normal?

    ResponderEliminar
  23. Pergunta:
    Doutor fiz uma conização em 20/06 e estou com cheiro intenso é normal?

    Resposta: Dentro de certos limites e por curto período de tempo é normal. Em caso de persistência/agravamento deve consulta o seu médico para uma eravaliação clínica.

    ResponderEliminar
  24. Fiz a conizaçao há uma semana. Sei que o sexo vaginal é proibido. E o anal é permitido?

    ResponderEliminar
  25. fiz uma conizacao ah um mes posso manter relacao.ainda nao peguei meu resultado da biopsia.por favor me ajude

    ResponderEliminar
  26. Tendo decorrido um mês após a conização, julgo não existir incoveniente em ter relações sexuais. Naturalmente, é importante saber o
    resultado histológico para se decidir a conduta clínica subsequente.

    ResponderEliminar
  27. Resumo da pergunta: "Posso responder a um anúncio de emprego 17 dias após ter feito uma conização?"
    Resposta: Claro que sim! A conização é um procedimento cirúrgico minimamente invasivo que pode ser realizado em regime de ambulatório. No dia seguinte à conização a mulher pode retomar a sua vida quotidiana (com as ressalvas relacionadas com banho de imersão, praia, jacuzzi, piscina, uso de tampões, relações sexuais,...)

    ResponderEliminar